Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

A acontecer

Contratação

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

DescobrirEmFesta mai2019De 30 de maio a 4 de junho, esteve patente na EB 1,2,3 de Gondifelos uma exposição organizada pelo Departamento de Ciências Sociais e Humanas sobre os Descobrimentos Portugueses.

Desde há 4 anos, que este Departamento tem vindo a organizar exposições e quadros de “História ao Vivo” que pretendem ilustrar momentos da nossa História. A primeira instalação recuou à Pré-História, avançou depois para a época romana e, no ano transato, recordou-se a Baixa Idade Média.

A exposição deste ano, intitulada “História ao Vivo - Gondifelos à Descoberta do Mundo”, no espírito das anteriores, esteve dispersa por vários espaços.
À entrada da escola, as pessoas foram recebidas por painéis de navegadores, nomeadamente o Infante D. Henrique, Bartolomeu Dias e Pedro Álvares Cabral e por um padrão dos Descobrimentos. Mais abaixo, um portal convidava a entrar no átrio, onde se encontrava uma caravela, atrelados com canhão, vela e cordame, um mapa-mundo pintado no chão com algumas das viagens mais importantes deste período, particularmente as viagens de Bartolomeu Dias, Vasco da Gama, Pedro Álvares Cabral e Fernão de Magalhães, celebrando os 500 anos da sua partida para a viagem de circum-navegação. O pórtico recebeu, por seu lado, expositores, voltados para o mapa-mundo, que, além de informação escrita e iconográfica, continham alguns dos produtos que os portugueses exploraram nos diversos continentes. Junto ao gradeamento/muro exterior, foi montado um espaço com toldo, onde os alunos puderam cheirar e identificar algumas das especiarias/produtos que cruzaram os mares, assim como construir puzzles e realizar exercícios lúdico-didáticos. Uma caravela em cartão, construída por alunos do 8º ano, na disciplina de Educação Visual, enriqueceu igualmente este espaço. Na 6ª feira à tarde, a turma do 4ºG apresentou no palco montado no átrio, de forma espontânea, uma dança da época, que foi preparada durante as aulas. As turmas do 5º2 e 5º3, no âmbito do Projeto “Dança ao Longo dos Tempos” da disciplina de Educação Física, presenteou o público à noite com uma dança renascentista. No interior da escola, no hall, dois cadeirões ornamentados – trono real –, voltados para a entrada, e a réplica de uma nau estiveram a receber a comunidade educativa. O corredor principal albergou biografias de reis, navegadores e vultos portugueses, elaboradas por alunos do 8º ano. Trabalhos de alunos do 5º ano e instrumentos náuticos ladearam este corredor. O papel das mulheres nos Descobrimentos não foi esquecido e um placard assinalou a importância delas. A história local também esteve presente, com um painel sobre Tomás Pereira, um jesuíta, matemático e cientista português, nascido em São Martinho do Vale, que viveu a maior parte da vida na China. Este painel foi especialmente criado e cedido para esta exposição pela Câmara Municipal de Famalicão.
Ao fundo deste corredor, algumas cadeiras convidavam as pessoas a sentar e a visualizar o filme “1492”, de Ridley Scott. Todos os espaços expositivos foram reforçados com legendas e informação útil.
Graças à presença de alunos e professores, vestidos à época, a exposição tornou-se mais rica e dinâmica. Algumas turmas do Jardim de Infância e do 1º ciclo tiveram a oportunidade de fazer uma visita guiada.
O Departamento, na 6ª feira, agraciou os colegas com um almoço a lembrar sabores de outras paragens: uma galinhada da fazenda, bolo de fubá e bolo de chocolate, frango agridoce com arroz basmati, arroz chau chau, frutas tropicais típicas do Brasil e vinho da Madeira.
Esta exposição contou com a colaboração preciosa de várias entidades, especialmente as Câmaras de Vila do Conde e de Vila Nova de Famalicão, a Casa do Infante, a Escola CIOR e o Museu Municipal da Póvoa de Varzim. O transporte dos objetos que embelezaram a exposição foi disponibilizado pelo professor Joaquim Correia.
O Departamento agradece profundamente o apoio recebido por estas entidades e a ajuda espontânea de vários professores, alunos e auxiliares de ação educativa. Por fim, um especial agradecimento à Direção da escola, que, desde há 4 anos, tem apoiado este projeto de “História ao Vivo”.
O Departamento de CSH

Links Educativos 

 

RoteiroMinas1

 

 

 

metis

JuventudeCMVNF

 

FundacaoJuventude

 

 

 

 

 

 

Quadros de Honra 

Conheça os alunos do Quadro de Honra de cada ano letivo

Revista PAA 

revista2017 2018

Login

Online 

Temos 68 visitantes e 0 membros em linha

Scroll to top