Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

A acontecer

Contratação

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

sete de maio, nos Jardins de Infância do AEG, a manhã esteve muito nublada. O céu cinzentão que cobria o recreio quis rivalizar com a curta de animação que a Biblioteca Escolar levou às crianças, intitulada "Parcialmente Nublado", de Peter Sohn (EUA, 2009, 5’).

O filme desvenda os mistérios da proveniência dos bebés. Aparentemente, na estratosfera, as "pessoas-nuvens" modelam os bebés a partir das nuvens, dando-lhes vida. Enquanto que as “pessoas-nuvens” brancas criam bebés meigos, uma pequena “pessoa-nuvem” cinzenta e melancólica é especialista em criar bebés “perigosos”, como crocodilos, carneiros, tubarões, entre outros. Além destas nuvens, as cegonhas tomam lugar importante nesta história. Enquanto que as cegonhas (conhecidas por nos trazerem as criancinhas), ao serviço das nuvens brancas, transportam felizes os bebés criados por estas, o trabalho da cegonha fiel à nuvem cinzenta é difícil e arriscado. A solução encontrada por esta para enfrentar os perigos e, simultaneamente, manter a sua lealdade à nuvem, revela-se surpreendente e comovente.
Após segunda visualização, a pedido das crianças, seguiu-se o desafio lançado pela equipa da Biblioteca: todas as meninas e meninos receberam um desenho de um animal e, de acordo com as suas características, colocaram-no na “pessoa-nuvem” respetiva.
Esta curta de animação prendeu a atenção das crianças, educadoras e auxiliares de ação educativa pelo poder da imagem, do som e, sobretudo, pela ternura das personagens e pela pungente mensagem.
Antes de voltarem às suas salas de aula, as crianças transportaram as cadeiras para o refeitório, uma prática que se instalou de forma natural e que se tem tornado habitual, facilitando o trabalho das “arrumadoras de sala”.
Saudações cinéfilas!
A equipa da BE

Participe! 


(conheça o programa clicando na imagem)
Abordando uma temática que é de grande relevância no atual contexto da evolução do sistema educativo, é importante a participação de toda a comunidade educativa para o processo de melhoria do serviço que prestamos.

I-City em Badajoz 

O i-City leva mais 8 alunos
a intercâmbio com escolas
de Espanha, Itália, Turquia,
Roménia e Inglaterra,
entre 12 e 18 de Maio.

Na construção da cidade virtual, vão estudar-se as necessidades e o fornecimento dos recursos necessários e as fontes de energia a explorar.

RESUMO DO DIÁRIO

Dia 12
Viagem de avião até Lisboa onde se encontraram com os outros parceiros para a viagem de autocarro até Badajoz.

Dia 13
Organização, trabalho de grupo e conhecimento da cidade.

Dia 14
A passear (Barcarrota) e a jogar (outdoor e energias renováveis) também se aprende.

Dia 15
Continuando a construção da cidade virtual e explorando os trabalho dos diferentes grupos (entre os quais o do AEG - na foto)

Dia 16
Um pézinho em Portugal: exploração da barragem do Alqueva e respetiva albufeira - Energia Hidroelétrica.

Dia 17
Ouvindo os investigadores das fontes de energia renováveis, na Universidade da Extremadura.

ACOMPANHA CLICANDO AQUI

O AEG participou no concurso "Escola Alerta 2019"

Veja aqui (clique abaixo):

- a memória descritiva;

- o trabalho realizado.

Porque não se vota?! 

O Clube Europeu AEG, convidou uma amostra dos eleitores residentes da comunidade envolvente a responder a um questionário para apurar as taxas da eventual participação nestas eleições

Conheça aqui os resultados.

Revista PAA 

revista2017 2018

Login

Online 

Temos 131 visitantes e 0 membros em linha

Scroll to top