Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

A acontecer

Contratação

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

No ano em que se celebra os 45 anos do “25 de abril de 1974”, o nosso Agrupamento de Escolas assinalou a data com um encontro com três militares que viveram esse momento histórico: o Coronel Rui Guimarães, o Furriel Manuel Correia da Silva e o Cabo José da Costa Alves.

 O Coronel Rui Guimarães teve uma participação ativa na revolução ocupando o quartel do Regimento de Infantaria nº 8, no dia 25 de Abril.
 O Furriel Manuel Correia da Silva, no dia 25 de abril de 1974, comandava a Chaimite Bula que transportou Marcelo Caetano, o Ex-Primeiro Ministro do Estado Novo e dois dos seus ministros, do Quartel do Carmo para o Posto de Comando do MFA na Pontinha.
 E por fim, o Cabo José da Costa Alves, que aos olhos de muitos poderá ser considerado um verdadeiro herói, pois desobedeceu ao Brigadeiro que o queria obrigar a disparar do tanque onde seguia contra Salgueiro Maia e os seus homens, evitando assim muitos mortos e contribuindo para a vitória dos militares no 25 de Abril.

O Clube Europeu AEG, o Departamento de Ciências Sociais e Humanas, o Departamento de Expressões e a Biblioteca Escolar formaram a equipa que preparou e levou a cabo esta iniciativa conjunta para assinalar a data e o que esta representa.
Pretendeu-se manter viva a memória desse momento histórico, relembrar o seu contexto social e político e o quão essencial foi/é para definir o país e os cidadãos que somos hoje e para construir a “Casa da Democracia” que é a Europa. Sabemos que a memória é curta e no caso dos jovens, por vezes, é quase inexistente. É, por isso, imperativo levar a cabo iniciativas como esta para construir e alimentar a memória coletiva da nossa comunidade escolar e envolvente.

Esta sessão inseriu-se nas iniciativas promovidas pelo nosso Agrupamento para assinalar e comemorar esse momento histórico vivido em 1974, que também incluíram uma exposição com uma amostra de publicações alusivas ao tema na Biblioteca Escolar, uma exposição com testemunhos de elementos da comunidade educativa sobre a sua vivência desse dia histórico, fotografias da época selecionadas pelos alunos do 9.º ano e uma amostra de artigos da época, gentilmente emprestados pelo Museu da Guerra Colonial de Vila Nova de Famalicão.
Agradecemos a colaboração de todos os professores e alunos envolvidos, pois sem eles não teríamos cumprido os objetivos que nos propusemos atingir. Também é com satisfação que registamos a presença de um grupo de seniores do Centro de Lazer de Viatodos, que fez deste um momento intergeracional de recuperação de memórias e de reflexão sobre as conquistas de “Abril”. Acima de tudo, agradecemos a presença dos nossos convidados, que gentilmente aceitaram partilhar connosco, para além do seu tempo, os seus testemunhos e experiências. A sua presença bastaria para nos honrar, mas a possibilidade de ouvir e conversar com alguém que participou de forma decisiva num momento histórico desta amplitude foi uma oportunidade de enriquecimento pessoal que certamente marcará alunos e professores.

Participe! 


(conheça o programa clicando na imagem)
Abordando uma temática que é de grande relevância no atual contexto da evolução do sistema educativo, é importante a participação de toda a comunidade educativa para o processo de melhoria do serviço que prestamos.

I-City em Badajoz 

O i-City leva mais 8 alunos
a intercâmbio com escolas
de Espanha, Itália, Turquia,
Roménia e Inglaterra,
entre 12 e 18 de Maio.

Na construção da cidade virtual, vão estudar-se as necessidades e o fornecimento dos recursos necessários e as fontes de energia a explorar.

RESUMO DO DIÁRIO

Dia 12
Viagem de avião até Lisboa onde se encontraram com os outros parceiros para a viagem de autocarro até Badajoz.

Dia 13
Organização, trabalho de grupo e conhecimento da cidade.

Dia 14
A passear (Barcarrota) e a jogar (outdoor e energias renováveis) também se aprende.

Dia 15
Continuando a construção da cidade virtual e explorando os trabalho dos diferentes grupos (entre os quais o do AEG - na foto)

Dia 16
Um pézinho em Portugal: exploração da barragem do Alqueva e respetiva albufeira - Energia Hidroelétrica.

Dia 17
Ouvindo os investigadores das fontes de energia renováveis, na Universidade da Extremadura.

ACOMPANHA CLICANDO AQUI

O AEG participou no concurso "Escola Alerta 2019"

Veja aqui (clique abaixo):

- a memória descritiva;

- o trabalho realizado.

Porque não se vota?! 

O Clube Europeu AEG, convidou uma amostra dos eleitores residentes da comunidade envolvente a responder a um questionário para apurar as taxas da eventual participação nestas eleições

Conheça aqui os resultados.

Revista PAA 

revista2017 2018

Login

Online 

Temos 169 visitantes e 0 membros em linha

Scroll to top