Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

A acontecer

Contratação

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

No passado dia 18 de novembro, realizou-se na Fundação Calouste Gulbenkian, o seminário final do projecto EATHINK – Alimentação Local, Pensamento Global, com a temática “Escola e Cidadania Global, Práticas Educativas para o Desenvolvimento Sustentável”.

 

Este seminário decorreu durante todo o dia de sábado, no auditório 3 da Fundação e contou com cerca de 150 participantes, entre os quais o Agrupamento de Escolas de Gondifelos, que participou neste projecto desde 2015. A sessão de trabalho incluiu palestras, debates e workshops. O Agrupamento de Escolas de Gondifelos fez-se representar pela professora Carla Castelo Branco, coordenadora do projecto, e pela professora Cristina Nicolau, diretora de turma de alguns dos alunos envolvidos. A professora Carla Castelo Branco interveio no workshop Cidadania Global nos Curricula, no qual apresentou a experiência do Agrupamento nesta área, tendo destacado as atividades do Eathink nas quais houve uma integração dos saberes do currículo na concretização do projecto.
Este dia terminou com a entrega de prémios das atividades desenvolvidas ao longo dos três anos do projecto. Os alunos do AEG, Lara Costa, Liliane Silva, Márcio Ribeiro e Gonçalo Carvalho, receberam os seus prémios pelo vídeo “História de uma Maçã”, premiado nacionalmente no ano letivo passado.
Iniciado em 2015, este projeto envolveu escolas de 14 países da Europa e África, tendo sido financiado pela União Europeia, com o objectivo de promover o espírito crítico e o envolvimento ativo dos professores e estudantes nos desafios do desenvolvimento global, com uma ênfase particular na segurança e soberania alimentares, sistemas alimentares sustentáveis e agricultura familiar.
Como atividade final do projeto, que termina em dezembro próximo, decorre neste momento uma exposição/instalação na escola sede do Agrupamento sobre agricultura, florestas, poluição, água e mar.

Participe! 


(conheça o programa clicando na imagem)
Abordando uma temática que é de grande relevância no atual contexto da evolução do sistema educativo, é importante a participação de toda a comunidade educativa para o processo de melhoria do serviço que prestamos.

I-City em Badajoz 

O i-City leva mais 8 alunos
a intercâmbio com escolas
de Espanha, Itália, Turquia,
Roménia e Inglaterra,
entre 12 e 18 de Maio.

Na construção da cidade virtual, vão estudar-se as necessidades e o fornecimento dos recursos necessários e as fontes de energia a explorar.

RESUMO DO DIÁRIO

Dia 12
Viagem de avião até Lisboa onde se encontraram com os outros parceiros para a viagem de autocarro até Badajoz.

Dia 13
Organização, trabalho de grupo e conhecimento da cidade.

Dia 14
A passear (Barcarrota) e a jogar (outdoor e energias renováveis) também se aprende.

Dia 15
Continuando a construção da cidade virtual e explorando os trabalho dos diferentes grupos (entre os quais o do AEG - na foto)

Dia 16
Um pézinho em Portugal: exploração da barragem do Alqueva e respetiva albufeira - Energia Hidroelétrica.

Dia 17
Ouvindo os investigadores das fontes de energia renováveis, na Universidade da Extremadura.

ACOMPANHA CLICANDO AQUI

O AEG participou no concurso "Escola Alerta 2019"

Veja aqui (clique abaixo):

- a memória descritiva;

- o trabalho realizado.

Porque não se vota?! 

O Clube Europeu AEG, convidou uma amostra dos eleitores residentes da comunidade envolvente a responder a um questionário para apurar as taxas da eventual participação nestas eleições

Conheça aqui os resultados.

Revista PAA 

revista2017 2018

Login

Online 

Temos 168 visitantes e 0 membros em linha

Scroll to top