Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

Galeria Fotos

Contratação

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

cinemaesperaA Casa das Artes de V. N. de Famalicão abriu, no dia 28 de março, as portas do seu grande auditório aos alunos do ensino básico para projetar dois filmes do ator e realizador de cinema francês Jacques Tati, no âmbito da 2.ª réplica do Close-up – Observatório de Cinema de Vila Nova de Famalicão.


A nossa escola aceitou o convite desde o primeiro instante, tal como o fez na 1ª réplica, em janeiro.
De manhã, os alunos do 1º Ciclo de Gondifelos visionaram o filme Há Festa na Aldeia (1951), onde Tati revela o seu estilo de comédia irónica e mordaz, alicerçado num prodigioso espírito de observação da realidade circundante.
À tarde, os alunos do 7º ano viram O Meu Tio (1958), filme que prolonga a figura do senhor Hulot, acentuando a sátira da sociedade contemporânea com uma leitura profunda não apenas da relação do cineasta com os "gags" visuais (…), mas também a abrir para uma experimentação sobre a cor e sobre uma modernidade patente nos cenários, na arquitetura de interiores e na intromissão de uma banda sonora minimalista e essencial. Uma obra-prima absoluta a rever e a revalorizar sempre, universal e localizada no tempo de uma ruptura com os mecanismos de representação, segundo Mário Jorge Torres in Público.
Antes das sessões, o diretor deste Observatório de Cinema, Vítor Ribeiro, deu as boas-vindas, fez uma pequena introdução e enquadramento desta iniciativa, aconselhou o debate em sala de aula em torno dos filmes e suas múltiplas temáticas e desejou aos alunos, professores a assistentes operacionais que voltassem mais vezes à Casa das Artes.
Os nossos alunos acolheram com entusiasmo a iniciativa. Do trabalho posterior em sala de aula, destacamos a notícia dos alunos do 3º G e a banda desenhada dos alunos do 2º G2.

Scroll to top