Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

A acontecer

Contratação

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

No passado dia 16 de fevereiro, a turma 8.º2 teve a oportunidade de assistir a um webinar intitulado “Navegar pelo Turismo Responsável”.

Segundo a Organização Mundial do Turismo (UNWTO) “O turismo sustentável pode ser definido como o turismo que considera as repercussões atuais e futuras, económicas, sociais e do meio ambiente para satisfazer as necessidades dos visitantes, da indústria, de todo o entorno e as comunidades anfitriãs.”
Este webinar foi proporcionado e dinamizado pelo Projeto #EstudoEmCasa Apoia. Este projeto visa, não só orientar, encorajar e apoiar os alunos na recuperação e desenvolvimento das suas aprendizagens com autonomia, mas também ajudar a desenvolver as competências transversais. Como tal, esta iniciativa teve como objetivos promover a literacia do Oceano e fomentar atitudes conducentes à sua proteção e enquadram-se perfeitamente no âmbito da Educação Ambiental e do Desenvolvimento Sustentável, dois dos domínios previstos para a Cidadania e Desenvolvimento do oitavo ano. A Educação Ambiental pretende dar a conhecer o que implica o conceito de sustentabilidade associado a uma responsabilidade intergeracional e promover, ainda, a reflexão sobre causas de alterações climáticas, proteção da biodiversidade e proteção do território e da paisagem. Por seu lado, o Desenvolvimento Sustentável, procura que os alunos se tornem agentes de mudança na construção de um mundo sustentável, inclusivo, pacífico e justo, que promova a melhoria da qualidade de vida e que atenda às necessidades das atuais gerações e das gerações vindouras.
“Navegar pelo Turismo Responsável” teve como oradoras convidadas uma representante da Naturalist – Science & Tourism, a Dra. Gisela Dionísio e uma representante da Associação Portuguesa de Ecoturismo, a Dra. Elisabete Mesquita. Com estas especialistas, os alunos puderam tomar consciência do impacto que os milhões de turistas que viajam anualmente causam no nosso planeta nomeadamente o aumento na emissão de dióxido de carbono, a deflorestação, o desperdício de água, de alimentos e de energia, a exploração de mão de obra, o desgaste nas construções históricas e no património cultural.
Deve-se abdicar de viajar? Não, mas é preciso procurar serviços mais sustentáveis, contratar empresas que operam com iniciativas responsáveis e são adeptas de práticas sociais e de conservação do meio em que estão inseridas. Só assim o turismo terá o poder de gerar emprego e o desenvolvimento das comunidades.
Recorda: O Projeto #EstudoEmCasa Apoia encontra-se disponível em https://estudoemcasaapoia.dge.mec.pt e lá podes encontrar este e muitos outros recursos.

Manuais 2022-23 

Projeto "Educação para a Cidadania" 

Links Educativos 

 

RoteiroMinas1

 

 

 

metis

JuventudeCMVNF

 

FundacaoJuventude

 

 

 

 

 

 

Login

Online 

Temos 135 visitantes e 0 membros em linha

Scroll to top