Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

Galeria Fotos

Contratação

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

VIIForumMais um momento alto de reflexão e autoavaliação foi vivido no AEG com o VII Fórum realizado na tarde do dia 17 de maio.

Efetivamente, dando continuidade ao que já se tornou um marco no trabalho que vem sendo desenvolvido, o Agrupamento de Escolas de Gondifelos (AEG) concretizou o “VII Fórum de Reflexão e Partilha de Boas Práticas”, desta feita no âmbito da temática “Voar Mais Alto – Avaliação das Aprendizagens”, com principal participação de docentes, mas onde os pais marcaram também presença significativa e ao qual os restantes elementos da comunidade educativa se quiseram também associar, contando-se ainda com a comparência de representantes de outras escolas.
Assumir-se como uma organização aprendente é uma das linhas orientadoras estabelecidas na visão definida no Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas de Gondifelos.
«Uma escola aprendente é uma escola capaz de refletir sobre as suas práticas, promovendo a sua autoavaliação para “promover a melhoria da qualidade do sistema educativo”, “assegurar o sucesso educativo, promovendo uma cultura de qualidade, exigência e responsabilidade”, “sensibilizar os vários membros da comunidade educativa para a participação ativa no processo educativo” e “garantir a credibilidade do desempenho dos estabelecimentos de educação e de ensino” em conformidade com o estabelecido na lei 31/2002 de 20 de dezembro.
Estudar-se a si mesmo, os seus recursos e contextos, a sua organização, o seu funcionamento e em particular as suas práticas educativas, para além dos resultados obtidos, permitir-lhe-á conhecer-se melhor, aprender e evoluir, melhorando o serviço prestado à comunidade e em particular aos seus alunos, garantindo não só a sua eficácia mas também a sua eficiência e demonstrar a sua capacidade de gestão, sendo, ela mesma, um modelo de autoavaliação para todos os elementos da comunidade educativa.
Nesta visão o Agrupamento de Escolas de Gondifelos assume querer ser referência de boas práticas a nível nacional, no âmbito dos contratos de autonomia.» (in Projeto educativo do Agrupamento de Escolas de Gondifelos)
Neste contexto as perspetivas partilhadas pelas duas especialistas do 1º Painel, Professora Doutor Palmira Alves (IE UMinho) e Mestre Goreti Portela (UCatólica), respetivamente no âmbito de "avaliação das aprendizagens na perspetiva dos alunos" e "avaliação das aprendizagens e desenvolvimento do currículo", são mais uma orientação a considerar na revisão constante das práticas do Agrupamento, como se evidenciou no 2º painel onde aspetos da monitorização do processo de avaliação das aprendizagens no AEG, partilhados pela Dra. Conceição Pereira (Coordenadora da Equipa de Autoavaliação) e pela Dra. Fátima Borges (Coordenadora de Departamento de Línguas) foram a pedra de toque.
Desafios para tornar a avaliação um verdadeiro contributo para promover melhorias no processo de aprendizagem ficaram no ar e poderão passar por instrumentos implementados com periodicidade mais curta, com feed-back mais preciso e rápido, adaptados em função do perfil dos alunos e implementados de acordo com as suas necessidades, levantando-se ainda a questão da valorização de aspetos referentes ao perfil do aluno do século XXI e que normalmente são mais explorados em contextos de educação não formal desenvolvido pela escola e que, por isso, acabam por não ser considerados no âmbito da avaliação disciplinar.
A encerrar o encontro esteve o Dr. Leonel Rocha, vereador da educação, depois de a abrir ter estado a vereadora da família e da juventude, Dra. Sofia Fernandes, que nas suas intervenções destacaram a qualidade do serviço educativo em Famalicão e enalteceram o papel que o AEG tem assumido como referência de boas práticas em vários aspetos da organização, funcionamento e dinâmica das escolas.
É ainda de salientar a esplêndida participação do Clube de Teatro, com uma pequena peça que levou a refletir sobre o efeito das utilização das novas tecnologias na vida dos jovens, a intervenção da Rita Falcão, do 9º ano, com uma brilhante interpretação da música "Million Reasons" de Lady Gaga, e a magnífica condução do Fórum pela Ana Beatriz Silva, aluna do 8º ano, vestida como a Deusa Vénus, bem enquadrada com a fantástica exposição de quadros vivos “GondiRoma”, coordenada pelo Departamento de Ciências Sociais e Humanas, inaugurada na mesma tarde e que estará patente até ao final do dia 19 de maio.

Links Educativos 

 

RoteiroMinas1

 

 

 

metis

JuventudeCMVNF

 

 

 

FundacaoJuventude

 

 

 

 

 

Quadros de Honra 

Conheça os alunos do Quadro de Honra de cada ano letivo

Memórias 

memorias

Jornal Escolar 

asas mar2017

Nº 4 - março 2017

asas5 dez2017

Nº 5 - dezembro 2017

Revista PAA 

revista2016 2017

Login

Online 

Temos 91 visitantes e 0 membros em linha

Scroll to top