Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

Galeria Fotos

Contratação

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O Agrupamento de Escolas de Gondifelos, com a professora Carla Castelo Branco, e a Associação YUPI, com a coordenadora de projetos Mariana Marques, estiveram presentes no passado dia 20 de abril no Complexo Pedagógico do Campus da Penha, em Faro, para participar  na Conferência Internacional "Participatory Schools 4 Better Democracy".

O evento decorreu entre os dias 19 e 21 de abril, organizado pela Cooperativa ECOS e o Agrupamento de Escolas de Pinheiro e Rosa, destinada a Gestores Escolares, Docentes, Educadores/as, Estudantes, Encarregados de Educação, outros/as Profissionais e Entidades Públicas e Privadas com responsabilidades na área da Juventude e Educação, e pretendeu não só apresentar diferentes práticas escolares na área da participação democrática mas também lançar a semente da primeira rede mundial de escolas públicas democráticas, que se espera para breve.
O Reitor da Universidade do Algarve, António Branco e Derry Hannam, Conselheiro para a Educação do Conselho da Europa, apresentaram durante a manhã as suas visões sobre a saúde da democracia e o papel das escolas na revitalização da mesma, com intervenções muito interessantes e motivadoras. Na segunda parte da sessão, foram apresentadas diferentes experiências na área da implementação de processos democráticos nas escolas, como por exemplo o caso da Escola da Ponte, o Parlamento dos Jovens, os Orçamentos Participativos Escolares e modelos de comunidades de aprendizagem pelo país.
No âmbito do projeto “School of active Citizens” em que estes dois parceiros de Vila Nova de Famalicão estão envolvidos, até 2019, tivemos a oportunidade de partilhar a experiência de desenho e implementação do modelo de Orçamento Participativo Escolar no Agrupamento de Gondifelos. Esta política nacional foi trabalhada pela YUPI e AEG no sentido de potencializar a participação do maior número de estudantes numa dinâmica de participação de qualidade, tendo desenvolvido um regulamento interno para esta iniciativa e um conjunto de ações de promoção do envolvimento dos alunos e comunidade educativa: sessões de estimulação de ideias e debate em cada turma denominadas “Vitaminas para o Orçamento Participativo Escolar”, instalação de um cenário atrativo para a recolha e maior visibilidade das ideias (através da decoração de espaços comuns com mega-peças que refletiam as ideias), debate e negociação entre ideias a debate e mobilização de toda a comunidade para o dia de eleições. Realizada a eleição e de entre as 11 ideias a concurso selecionada a preferida dos alunos, realizar-se-ão sessões participadas com alunos, pais e restante comunidade educativa para concretizar a maquete de intervenção, alargar o debate e comprometer os alunos na implementação e gestão do orçamento para o cumprimento da sua meta, apoiados pela equipa de projeto. Esta metodologia inspirou as restantes escolas que participaram e que pretendem implementar modelo semelhante em próximos anos letivos.

Links Educativos 

 

RoteiroMinas1

 

 

 

metis

JuventudeCMVNF

 

 

 

FundacaoJuventude

 

 

 

 

 

Quadros de Honra 

Conheça os alunos do Quadro de Honra de cada ano letivo

Memórias 

memorias

Jornal Escolar 

asas mar2017

Nº 4 - março 2017

asas5 dez2017

Nº 5 - dezembro 2017

Revista PAA 

revista2016 2017

Login

Online 

Temos 70 visitantes e 0 membros em linha

Scroll to top